|
|

Semana 2 - Quarta-feira

Série: OS MINISTROS DA NOVA ALIANÇA

Mensagem: COMO DEUS PREPARA OS SEUS MINISTROS - (2 CO 1:8-9; 3:5-6)

Leitura Bíblica: Dt 18:15-19; Jo 1:1

Ler com Oração: Disse Maria: Aqui está a serva do Senhor; que se cumpra em mim conforme a tua palavra. E o anjo se ausentou dela (Lc 1:38).

Kit especial: O ministério da nova aliança - CONECTADOS COM DEUS + CORRER PARA VENCER

R$ 20,00




A PALAVRA DE DEUS FAZ A OBRA DE DEUS

Em cada época Deus teve Seus ministros para O servir. No ministério da nova aliança, Ele conta conosco para que Sua obra seja feita e Sua vontade executada, para que esta era seja encerrada e o reino milenar tenha início. Então Cristo reinará com justiça e paz. Quando esse momento chegar, o Senhor recompensará aqueles que fizeram a vontade do Pai, os que deixaram tudo para segui-Lo, por isso Ele nos prepara hoje.

Como primeiro ministro da nova aliança, o Senhor Jesus deixou-nos um exemplo a ser seguido. A primeira lição que precisamos aprender com Ele é com respeito à nossa atitude para com a Palavra de Deus. Essa lição é importante porque é a Palavra que executa esse ministério. A obra de Deus é feita por meio de Sua Palavra. Antes de tudo existir, lá estava ela com Deus (Jo 1:1). A Palavra constitui o elemento mais importante para o trabalho de Deus. A Palavra é o meio pelo qual Deus infunde em nós Sua vontade. Ela é como um caminhão carregado da vida de Deus que vem até nós. No entanto, se estivermos distraídos e nossa atitude para com ela for de desprezo, quando esse caminhão, carregado de riquezas espirituais, chegar à nossa porta para descarregar o encargo de Deus para nós, ele irá embora e ficaremos vazios.

Não deixemos que as distrações e preocupações sobrecarreguem nosso coração, impedindo-o de receber aquilo que vem de Deus. O primeiro portão pelo qual a Palavra precisa passar são nossos ouvidos, que precisam sempre estar atentos. O segundo portão é nosso coração. Para que a Palavra alcance o coração, a mente precisa recebê-la, o que fará com que a emoção também se incline e passe a amar o que vem de Deus, e, por fim, a vontade se disponha a aceitá-la. A Palavra entrará em nosso espírito e nutrirá nossa alma com os elementos divinos. Assim cresceremos um pouco mais. O veículo para trazer Deus a nosso interior é a Palavra de Deus. Ela é tudo em nossa vida. Não é a palavra doutrinária do homem, mas somente a Palavra de Deus que fará Sua obra. Por isso, amados irmãos, nossa atitude para com ela é tão importante.

Para que a Palavra de Deus alcance seu destino, é preciso um profeta como porta-voz. A esse respeito leiamos: “O SENHOR, teu Deus, te suscitará um profeta do meio de ti, de teus irmãos, semelhante a mim; a ele ouvirás. [...] Suscitar-lhes-ei um profeta do meio de seus irmãos, semelhante a ti, em cuja boca porei as minhas palavras, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar” (Dt 18:15,18). Irmãos, esse profeta que Deus levanta entre o Seu povo não tem liberdade de falar o que quiser, mas é Deus quem põe as palavras em sua boca. Essa é a palavra que faz a obra de Deus. Aquele que profetiza na igreja tem de falar somente as palavras que vêm do Senhor.

Precisamos considerar seriamente nossa relação com essa palavra, pois “de todo aquele que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, disso lhe pedirei contas” (v. 19). Portanto, se não aprendermos esse princípio relacionado com a Palavra de Deus, não conseguiremos entender o ministério da nova aliança, muito menos participar dele.

Quando falou sobre um profeta que Deus suscitaria no meio de Seu povo para falar-lhe as palavras de Deus, Moisés se referia ao Senhor Jesus, conforme podemos ler: “Porque, se, de fato, crêsseis em Moisés, também creríeis em mim; porquanto ele escreveu a meu respeito” (Jo 5:46). Por fim, lemos: “Mas eu tenho maior testemunho do que o de João; porque as obras que o Pai me confiou para que eu as realizasse, essas que eu faço testemunham a meu respeito de que o Pai me enviou” (Jo 5:36). A confirmação de que Jesus era um ministro da nova aliança enviado por Deus para trazer a Sua palavra era o fato de que Suas palavras se cumpriam. Essa é a forma de identificarmos a palavra profética de Deus, a que traz Sua direção para nossa vida e cumpre a vontade de Deus.

Louvado seja o Senhor, pois temos recebido essas palavras e testificado o quanto elas têm-se cumprido em nosso meio. Aleluia!





Pergunta: Qual deve ser a atitude de um ministro da nova aliança para com a Palavra?

Meu Ponto Chave:

________________________________________________________________

Leitura de Apoio da Semana:

“Servos de Deus – bons, fiéis e prudentes” – cap. 7 – Dong Yu Lan.

“A igreja é de Deus” – págs. 13 a 15 – Pedro Dong 


Desenvolvido por Centersite - Editora Árvore da Vida © 2020 - Todos os Direitos Reservados